Entre em contato pelo WhatsApp
Olá! Clique em uma das opções abaixo e nós retornaremos o mais rápido possível.
Instrutor de CIPA

Instrutor de CIPA



Instrutor de CIPA



Instrutor de CIPA



Instrutor de CIPA



Instrutor de CIPA

Instrutor de CIPA


Instrutor de CIPA Laudo de Para Raios SPDA Curso de Empilhadeira Elétrica Campinas
Instrutor de CIPA
  Entre em contato via WhatsApp   Entre em contato via WhatsApp

Instrutor de Curso da CIPA

Instrutor de CIPA os cursos ministrados em nossa sede ou nas instalações do cliente podem contar com toda a nossa infraestrutura profissional e de equipamentos e multimídia, com possibilidade de atendimento no território nacional cursos e treinamentos com programação personalizada, e desenvolvida exclusivamente para atender à necessidade específica de cada cliente, motivando a satisfação plena dos participantes e da empresa. Para cada projeto, são organizadas estruturas e equipes multidisciplinares que se dedicam ao atendimento das necessidades do cliente e à criação de valores sustentáveis para as organizações.

Noções de Técnicas de ensino
Definição e objetivos da CIPA em atendimento a NR-5
Legislação trabalhista e previdenciária envolvida na infortunística,
Responsabilidade trabalhista, previdenciária, civil e criminal;
Origem da CIPA;
Estudo do ambiente, das condições de trabalho e riscos originados no processo produtivo;
Noções de higiene ocupacional e medidas de controle;
Teoria prevencionista e de causas de acidentes;
Metodologia de investigação de acidentes e doenças ocupacionais;
Inspeções de segurança – teoria e simulado prático.
Organização da CIPA, processo eleitoral, reuniões ordinárias e extraordinárias, realização de simulados;

 

O relato e investigação de acidentes são essenciais para prevenir acidentes no local de trabalho. Para que isso possa ser feito de maneira correta, é importante que toda empresa tenha uma CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), e assim reduzir a um nível razoavelmente praticável o número e a gravidade dos acidentes.

De acordo com estatísticas do Ministério do Trabalho, mais de um milhão de trabalhadores são feridos ou adoecem devido ao seu trabalho todos os anos; cujos efeitos são sentidos pelos indivíduos, suas famílias, empregadores, o governo e a sociedade em geral.

Em cada evento adverso existe o custo humano: a perda de qualidade de vida ou perda de vida em caso de fatalidade, bem como o custo financeiro que inclui licença médica remunerada, horas extras, treinamento de empregados temporários, perda de produção, taxas e o custo da investigação do evento. Por isso, investir em um curso de instrutor de curso da CIPA para um grande número de funcionários pode ser muito benéfico a todas as empresas.

Existem acidentes menores e maiores no local de trabalho, mas independentemente do tamanho, todos precisam ser relatados internamente ou / também ao órgão de fiscalização. Alguns podem exigir uma investigação aprofundada. Para isso, as equipes de CIPA precisam estar sempre muito bem treinadas, especialmente tendo um grande número de funcionários que ocupam a posição de instrutor de curso da CIPA.

 

Como evitamos acidentes?

Existe um velho ditado: “acidentes acontecem”. As pessoas cometem erros e o equipamento pode funcionar mal, mas muito pode ser feito para evitar a ocorrência de acidentes. Os empregadores têm o dever de administrar com eficácia o ambiente de trabalho, seus empregados e todos aqueles que podem entrar em contato com seu trabalho, de modo que a probabilidade de ocorrência de um acidente seja reduzida ao mínimo razoavelmente praticável.

Avaliação de risco

Para saber o que irá prejudicar funcionários e visitantes, os empregadores precisam avaliar os riscos associados ao trabalho realizado. Este exercício é inestimável, pois ajudará a identificar os perigos do local de trabalho para que possam ser eliminados ou controlados de forma adequada.

É importante lembrar de revisar as avaliações de risco após um acidente, bem como em intervalos regulares. Acidentes podem destacar questões que não foram consideradas anteriormente. Por isso, um instrutor de curso da CIPA atento pode ajudar toda a equipe a identificar tais riscos.

Informação, treinamento e supervisão

Nem é preciso dizer que funcionários adequadamente treinados e bem informados são capazes de desempenhar suas funções com mais segurança do que aqueles que não têm conhecimento. Isso, por sua vez, reduz o número de acidentes de trabalho.

O treinamento deve ser específico para os riscos associados, mas também para o funcionário; é improvável que um diretor financeiro se beneficie do treinamento sobre como trabalhar com segurança em altura. O mesmo vale para a alta administração: é importante que eles sejam treinados sobre como desempenham um papel vital na proteção dos trabalhadores.

Por isso, cada vez mais as empresas precisam contar com um número maior de instrutor de curso da CIPA, que possa também identificar quais os funcionários devem receber treinamento prioritariamente.

Funcionários treinados acabarão exibindo bons comportamentos de segurança, um sinal de uma cultura de segurança saudável e positiva. O treinamento deve ser regular e o treinamento de atualização deve ser fornecido nos intervalos exigidos conforme as práticas e a tecnologia mudam.

A supervisão é importante para garantir que métodos incorretos e inseguros de trabalho sejam reconhecidos, de modo que os funcionários possam ser orientados sobre ações corretivas que reduzirão a probabilidade de se machucarem ou de terceiros. Um instrutor de curso da CIPA pode ajudar a identificar tais métodos incorretos e inseguros de trabalho.

As informações podem ser transmitidas aos funcionários por meio de políticas e procedimentos internos; uma das mais importantes é a política de saúde e segurança, na qual um empregador definirá como gerenciará a segurança e dará detalhes sobre funções e responsabilidades específicas de saúde e segurança.

Outros documentos incluirão procedimentos que detalham como tarefas específicas devem ser concluídas com segurança para evitar a probabilidade de danos ao funcionário. Um instrutor de curso da CIPA pode ajudar a formular e a atualizar essa documentação de forma a visar a segurança.

Equipamento seguro

Todo o treinamento no mundo não pode compensar o equipamento do local de trabalho que não está em uma condição de trabalho seguro. Um regime robusto de inspeção e manutenção irá garantir que o equipamento seja verificado e seguro para uso, o que reduzirá a probabilidade de falha que pode levar a um acidente. Peças específicas do equipamento podem precisar de manutenção em intervalos definidos e por uma pessoa competente; isso deve ser levado em consideração. Um instrutor de curso da CIPA competente pode ajudar nessa avaliação dos equipamentos.

Os funcionários também podem ser treinados sobre como inspecionar equipamentos - simples inspeções visuais podem fazer uma grande diferença. O equipamento de proteção individual, embora seja a última forma de defesa, pode desempenhar um papel na redução da gravidade de um evento indesejado.

Lições aprendidas

Uma maneira notável de prevenir a ocorrência de acidentes é aprender quando eles acontecem. Essa abordagem reativa não só ajudará a entender como um evento ocorreu, mas também destacará quais ações corretivas precisam ser implementadas para evitar que aconteça novamente, como treinamento, redesenho de uma tarefa de trabalho ou mudança de local. Um instrutor de curso da CIPA bem treinado poderá analisar cada acidente de forma individual, apontando assim diversas soluções para que isso não mais ocorra.

Relatório de acidentes

Todos os acidentes devem ser relatados usando sistemas de relatórios internos. Isso permite uma compreensão das causas imediatas e raízes e quaisquer tendências ou padrões, o que ajudará na decisão sobre quais medidas preventivas são necessárias. Dependendo da gravidade, natureza e quantidade de tempo que um funcionário está afastado do trabalho devido ao seu acidente, pode ser necessário relatá-lo ao Ministério do Trabalho.

Os empregadores são legalmente obrigados a relatar eventos específicos, como fatalidades e quando um funcionário sofre um ferimento grave ou fica incapacitado por mais de sete dias consecutivos (sem contar o dia do acidente, mas incluindo fins de semana).

Os relatórios de acidentes informam avaliações de risco, inspeções, auditorias, roteiros de segurança e amostragem, destacando as áreas a serem focadas. Às vezes, mais investimentos são necessários para garantir que eventos indesejados não ocorram. Um instrutor de curso da CIPA tem um papel de destaque, ajudando a desenvolver tais relatórios.

Os relatórios também mostram aos funcionários que seu empregador leva os acidentes e a prevenção de acidentes a sério. Quando os acidentes não são relatados e, portanto, não são investigados, é mais provável que ocorram novamente, deixando os funcionários vulneráveis ​​a danos e sem moral.

Investigação de acidentes

A investigação de acidentes no local de trabalho é a única maneira de um empregador entender por que um evento ocorreu e como. Durante o período de investigação, os empregadores obterão informações sobre o que realmente aconteceu em oposição ao que se espera que aconteça, e se os funcionários estão realmente utilizando as práticas seguras que foram instruídos a seguir.

Um instrutor de curso da CIPA deve ser convidado a acompanhar uma investigação de acidentes sempre que possível.

A investigação é uma oportunidade para estabelecer o que mais precisa ser feito e o que poderia ter sido perdido anteriormente ao avaliar os riscos do local de trabalho.

As investigações devem ser realizadas por aqueles que são competentes para fazê-lo, como um gerente com compreensão das práticas de saúde e segurança e da lei, conhecimento e experiência sobre como conduzir uma investigação - bem como conhecimento do trabalho que estava sendo realizado.

Os investigadores devem evitar colocar a culpa nos indivíduos e evitar preconceitos. Eles devem receber o tempo e os recursos necessários para concluir a investigação e ser capazes de relatar a um membro sênior da equipe com autoridade para tomar decisões sobre as recomendações feitas. Os gerentes de linha, consultores de saúde e segurança e representantes sindicais e de segurança também podem realizar investigações.

Conclusão

A investigação de acidentes é uma medida reativa - obviamente seria melhor ter evitado que o acidente acontecesse - mas tem seus benefícios. Instigar medidas preventivas ou ajustar aquelas em vigor após um acidente não apenas manterá os empregadores mais seguros durante o trabalho, mas também reduzirá os custos associados aos acidentes. Um instrutor de curso da CIPA é uma peça fundamental em todas as etapas desse processo.

O prejuízo financeiro decorrente de um acidente tira áreas que poderiam ser melhoradas com esses recursos, como treinamento de funcionários, saúde e bem-estar, melhores equipamentos e instalações.




Mais Informações